Prof. Rogério

Prof. Rogério Vilkevicius, desenvolveu sua parte pedagógica, desde os tempos que prestava serviços de tecnologia, para a Caixa Econômica Federal, trabalhando com suporte técnico por telefone, aos funcionários de agências.

Por telefone, tinha que explicar procedimentos em uma época que a tecnologia não tinha os recursos de imagem, como nos tempos atuais.

Percebeu que tinha uma maneira simples e efetiva de passar as informações aos funcionários e aí seu interesse por tecnologia aumentou cada vez mais. Se aprimorando na área, se formando como Técnico em Processamento de Dados.

Gostou tanto, que começou a lecionar pacote Office e montagem de máquina (hardware).

Com o aumento da modernidade e da tecnologia, percebeu que talvez fosse hora de migrar para uma área totalmente nova: a de idiomas.

Trabalhando desta vez no Banco Itaú, com atendimento aos clientes por telefone, já havia feito cursos de inglês (com professor particular por 4,5 anos e espanhol 2 anos), começando suas primeiras aulas, com amigos do trabalho.

Mais uma vez, gostou muito do que apresentou e com os resultados crescentes, percebeu que era hora de sair do mundo corporativo e seguir o caminho do que sempre amou fazer: ensinar e distribuir conhecimento.

Desde 2012, oficialmente, criou a marca Quero Idiomas, desenvolvimento mecanismos de ensino, que estivessem à frente do mercado.

Foi um dos primeiros a criar as aulas pelo Skype, portifólio de longa e curta duração. Desenvolveu o método pelo Whatsapp e criou a possibilidade de o aluno estudar de maneira imersiva, para poder se comunicar em apenas 4 meses.

Atualmente, concilia as aulas, com gravações de vídeos aula, pelo Youtube no Canal Quero Idiomas, na edicação do Canal Vilk Motivacional, além de se dedicar ao trabalho de Coach de Reprogramação, desde 2019.

Quer conhecer a página Quero Idiomas no Youtube?

Clique na imagem

Conheça o canal Quero Idiomas no Youtube
Tela de um vídeo do Prof. Rogério no Canal Quero Idiomas, curso de inglês youtube

Quer conhecer a página Vilk Motivacional no Youtube?

Clique na imagem